REDCPS - Revista Enfermagem Digital Cuidado e Promoção da Saúde

Regulamento

REGULAMENTO DA REVISTA DE ENFERMAGEM DIGITAL CUIDADO E PROMOÇÃO DA SAÚDE

 

CAPÍTULO I
DA DENOMINAÇÃO, CONCEITUAÇÃO E FINALIDADE

 

Art. 1º - A denominação oficial do órgão tratado neste Regulamento REVISTA ENFERMAGEM DIGITAL CUIDADO E PROMOÇÃO DA SAÚDE

 

§ único - A abreviatura oficial desta Revista constante no Cadastro Coletivo Nacional do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT é REDCPS, seu ISSN impresso e o online será atribuído às publicações que já estejam disponíveis na internet (1º volume/número completo.

 

 

Art. 2º - A Revista é o órgão oficial de divulgação científica, tendo por finalidade a publicação de manuscritos relativos à Enfermagem, Saúde e áreas afins, em português, inglês e espanhol.

 

§ 1º - Sua periodicidade é Semestral perfazendo um total de dois números anuais.
§ 2º - Poderá haver números especiais, a critério do Conselho Deliberativo, considerando-se os interesses institucionais e científicos da REDCPS /UPE/UEPB

 

Art. 3º - REVISTA ENFERMAGEM DIGITAL CUIDADO E PROMOÇÃO DA SAÚDE é regida pelas disposições contidas neste Regulamento, nos Regimentos da REDCPS /UPE/UEPB.

 

 

CAPÍTULO II
DA ESTRUTURA

 

 

Art. 4º - A Revista de Enfermagem Digital Cuidado e Promoção da Saúde apresenta a seguinte estrutura:

 

a) Editor(a)-Chefe;
b) Editor Assistente;
c) Conselho Deliberativo;
d) Conselho Editorial Nacional e Internacional;
e) Conselho de Consultores Ad Hoc;
f) Editores Associados;
g) Comissão Editorial;
h) Comissão Administrativa

 

§ único - Por indicação do Conselho Deliberativo poderão ser constituídas
Comissões especiais por período determinado, para tratar de matérias específicas de interesse da Revista.

 

CAPÍTULO III
DAS FINALIDADES

 

Art. 5º - A(O) Editor(a)-Chefe cabe a coordenação do processo de elaboração, reprodução e distribuição da Revista.

 

Art. 6º - A(O) Editor Assistente compete substituir o editor na sua ausência e apoiá-lo no desenvolvimento das atividades próprias à função de Editor- Chefe

 

Art. 7º - O Conselho Deliberativo da Revista tem por finalidade a deliberação de matérias de interesse da Revista;

 

Art. 8º - O Conselho Editorial tem por finalidade a elaboração de matérias referentes à política editorial da Revista;

 

Art. 9º- O Conselho de Consultores Ad Hoc tem por finalidade a realização do processo de avaliação, peerview (por pares) e blind (revisão cega), do mérito científico e da pertinência de publicação de manuscritos originais apresentados à Revista.

 

Art.10 - O(A)s Editore(a)s Associado(a)s tem por finalidade a triagem prévia dos manuscritos submetidos à Revista acerca de sua pertinência acadêmica e científica e a revisão final dos manuscritos, com vistas a assegurar a qualidade científica dos manuscritos publicados;

 

Art. 11 - A Comissão Editorial tem por finalidade o desenvolvimento da gerência administrativa e científica da Revista;

 

Art. 12 - A Comissão Administrativa da Revista tem por finalidade o desenvolvimento de atividades de apoio administrativo, recebimento de manuscritos para publicação, verificação de atendimento das instruções para sua publicação, e a execução de ações de comunicação e informação pertinentes ao seu funcionamento.

 

CAPÍTULO III
DA COMPETÊNCIA

 

Art. 13 - A(O) Editor(a)-Chefe detém caráter executivo, tendo por competências:

a) Coordenar as atividades da Comissão Editorial da Revista;
b) Indicar nomes para compor o Conselho Editorial, Conselho de Consultores Ad Hoc, Comissão Editorial e Comissão Administrativa da Revista;
c) Elaborar o orçamento anual para a Revista;
d) Representar o periódico nos Fóruns especializados, onde são discutidas Políticas de Publicação e Editoriais;
e) Divulgar as Políticas necessárias ao desenvolvimento do periódico;
f) Gerenciar o fluxo editorial do periódico de acordo com o Sistema de Gestão de Publicação (SGP) adotado para a versão online do periódico;
g) Avaliar e atualizar relação para a versão online de consultor ad Hoc para o periódico

 

Art. 14 - O(A) Editor(a) Assistente representa o periódico na impossibilidade do(a) Editor(a)- Chefe fazê-lo e o auxilia nas seguintes atividades:

b) Indicar nomes para compor o Conselho Editorial, Conselho de Consultores Ad Hoc, Comissão Editorial e Comissão Administrativa da Revista;
c) Elaborar o orçamento anual para a Revista;
d) Representar o periódico nos Fóruns especializados, onde são discutidas Políticas de Publicação e Editoriais;
e) Divulgar as Políticas necessárias ao desenvolvimento do periódico;
f) Gerenciar o fluxo editorial do periódico de acordo com o Sistema de Gestão de Publicação (SGP) adotado para a versão online do periódico;
g) Avaliar e atualizar relação para a versão online de consultor ad Hoc para o periódico

 

Art 15 - O Conselho Deliberativo detém caráter decisório e seus conselheiros têm por competências:

a) Aprovar nomes para compor o Conselho Editorial e para compor a Comissão
Editorial da Revista;
b) Homologar nomes para compor o Conselho de Consultores Ad Hoc da Revista;
c) Aprovar nomes de representantes da Graduação e Pós-graduação para integrarem o Conselho Deliberativo da Revista;
d) Aprovar nomes para integrarem a Comissão Administrativa da Revista;
e) Aprovar o orçamento anual para a Revista;
f) Aprovar o plano anual de trabalho e o cronograma anual de atividades da
Revista;
g) Aprovar o relatório anual da Comissão Editorial da Revista;
h) Aprovar alterações de programação visual da Revista;
i) Aprovar as instruções para publicação de manuscritos, propostas pela Comissão Editorial;
j) Deliberar sobre manuscritos apresentados à Revista e rejeitados para publicação por pelo menos 02 (dois) Consultores Ad Hoc;
k) Prever os recursos materiais necessários à realização das atividades da Revista;
l) Prover os recursos financeiros necessários à produção da Revista;
m) Homologar lista anual de indicações de instituições para permuta e doação da exemplares realizadas pela Comissão Editorial da Revista;

 

Art. 16 - O Conselho Editorial detém caráter consultivo e seus conselheiros têm por competências:

 

a) Elaborar pareceres sobre matérias referentes à definição da pauta e política
editorial da Revista, a pedido do Conselho Deliberativo da Revista;
b) Emitir pareceres sobre manuscritos apresentados à Revista, a pedido do(a) Editor(a)- Chefe e da Comissão Editorial da Revista;

 

Art. 17 - O Conselho de Consultores Ad Hoc tem caráter consultivo e seus conselheiros têm por competências:

 

a) Participar do processo de avaliação peerview (por pares) e blind (revisão cega) sobre o mérito científico e a pertinência de publicação de manuscritos apresentados à Revista;

b) Emitir parecer circunstanciado sobre o manuscrito a ele encaminhado incluindo o registro de sua aprovação, ou não;

 

Art. 18 - A Comissão Editorial detém caráter consultivo e executivo e seus membros têm por competências:

 

a) Manter o fluxograma de manuscritos apresentados e a periodicidade da Revista;
b) Propor a revisão das instruções para publicação de manuscritos e encaminhá-las para aprovação do Conselho Deliberativo da Revista;
c) Indicar pelo menos 02 (dois) e no máximo 03 (três) Consultores Ad Hoc para a avaliação do mérito científico e da pertinência de publicação de manuscrito apresentado à Revista;
d) Encaminhar aos autores de manuscritos apresentados à Revista, os pareceres dos Consultores Ad Hoc para o cumprimento de exigências;
e) Verificar o cumprimento de exigências em manuscritos reapresentados pelo(s) autor(es) à Revista;
f) Aprovar manuscrito para publicação, a partir de pelo menos 02 (dois) pareceres favoráveis de Consultores Ad Hoc da Revista;
g) Encaminhar aos(as) autores(as) de manuscritos rejeitados para publicação, a(s) justificativa(s) dos Consultores Ad Hoc e a posição do Conselho Deliberativo da Revista sobre a rejeição dos mesmos;
h) Realizar as revisões intermediárias de números da Revista;

 

Art. 19 - A Comissão Administrativa tem caráter executivo e seus membros têm as seguintes atribuições:

 

a) Manter atualizados os cadastros dos assinantes individuais e institucionais; dos membros dos Conselhos Deliberativo e Editorial e de Consultores Ad Hoc; dos membros da Comissão Editorial; dos periódicos que mantém permuta com a Revista; e das instituições que fazem permutas e recebem doações da Revista;
b) Verificar o atendimento às instruções de publicação de manuscritos, nos manuscritos apresentados à Revista;
c) Designar os Consultores Ad Hoc para avaliação dos manuscritos;
d) Enviar mensagem de cobrança aos Consultores Ad Hoc inadimplentes em relação aos prazos previamente estabelecidos para o envio dos pareceres;
e) Encaminhar manuscritos aprovados para revisão de texto, do resumo, do abstract, do resumen e das referências bibliográficas;
f) Comunicar aos(as) autores(as), a aprovação do manuscrito para publicação, incluindo volume e número da Revista;

 

CAPÍTULO III
DA COMPOSIÇÃO

 

Art. 20 - Os nomes para Editor (a) - Chefe e Editor (a) Assistente são indicados pelo(a) Presidente do Conselho deliberativo da Revista, onde deverá ser aprovado e homologado pela congregação da UPE/UEPB;

 

§ 1º -O (A) Editor(a) - Chefe e o Editor(a) Assistente deverão ser professores (as) do quadro ativo da UPE/UEPB, lotados na FENSG e Docentes Permanentes do Programa de Pós- Graduação da UPE/UEPB;

 

Art. 21 - O Conselho Deliberativo da Revista é constituído pelos seguintes membros da UPE/UEPB:


a) Presidente do Programa de Pós - graduação Stricto Sensu;
b) Coordenador(a) de Pesquisa e Desenvolvimento;
c) Editor(a)- Chefe da Revista;
d) Editor (a) Assistente da Revista;

 

Art. 22 - O Conselho Editorial é composto por professores doutores da UPE /
UEPB, de outras Instituições de Ensino Superior da área de enfermagem, do Brasil e do exterior, e de áreas de conhecimento afins;

a) Os nomes para membros do Conselho Editorial são indicados e homologados pelo Conselho Deliberativo da Revista;
b) O Conselho Editorial da Revista é composto, no mínimo, por 80% (oitenta por cento) de enfermeiros (as);

§ único - A composição do Conselho Editorial pode ser modificada mediante avaliação do Conselho Deliberativo da Revista, considerando os interesses institucionais da UPE/UEPB.

 

Art. 23 - A função de Consultores Ad Hoc será exercida por doutores, sendo no mínimo, 80% da área de enfermagem.

b) Os nomes para Consultores Ad Hoc são indicados pelo(a) Editor(a)-Chefe e Editor(a) Assistente e homologados pelo Conselho Deliberativo da Revista.

§ 1º - A avaliação do consultor Ad Hoc pelo Conselho Deliberativo da Revista realiza-se de acordo com os seguintes critérios: regularidade nos prazos de entrega de pareceres e/ou consistência no atendimento aos aspectos necessários à elaboração de pareceres sobre manuscritos apresentados à Revista;

§ 2º - O Consultor Ad Hoc poderá ser desligado de sua função, podendo retornar a mesma, mediante nova aprovação de seu nome pelo Conselho Deliberativo da Revista.

 

Art. 24 - A Comissão Editorial é composta por até 07 (sete) membros, professores(as) da UPE/UEPB, designado(a)s como se segue:

 

a) O(A) Editor(a)- Chefe, professor(a) doutor(a), é o coordenador da Comissão Editorial, como articulador das atividades administrativas e científicas da Revista;

b) O(A) Editor(a) Assistente, substituto do(a) Editor(a)- Chefe em todo o processo editorial do periódico;

c) Os Editores Associados, em número de 05 (cinco), são professores doutores e participantes da UPE/UEPB e/ou  outras instituições de ensino superior da área de enfermagem

 

§ 1º - Os nomes para compor a Comissão Editorial são indicados pelo(a)
Editor(a)- Chefe e homologados pelo Conselho Deliberativo da Revista;

 

§ 2º - Nos casos de impedimento do(a) Editor(a)- Chefe e do(a) Editor(a) Assistente, o(a) primeiro(a) indicará outro membro da Comissão para, eventualmente, representá-lo(a);

 

 

Art. 25 - A Comissão Administrativa da Revista é composta pelos seguintes
membros:

a) Editor(a)- Chefe

b) Editor(a) Assistente;

c) Editores Associados;

d) Bibliotecária, responsável técnica pela revisão de resumos, referências bibliográficas e descritores dos manuscritos aceitos para publicação na Revista, atualização dos fascículos nas Bases de indexação;

e) Programador visual, responsável técnico pela diagramação e editoração da Revista;

f) Secretária Administrativa;

§ 1º - A bibliotecária da Comissão é responsável pela Biblioteca Setorial de Pós - graduação (BSPG) da Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das graças da Universidade de Pernambuco - FENSG/UPE.

§ 2º - Outros membros necessários ao desenvolvimento de etapas de elaboração de números da Revista serão incorporados à Comissão Administrativa, por indicação da Comissão Editorial e aprovação do Conselho Deliberativo da Revista.

 

CAPÍTULO IV
DAS DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS

 

Art. 26 - Este Regulamento será reformulado pelo Conselho Deliberativo da Revista quando necessário, devendo sua nova versão ser submetida à aprovação do Colegiado do Programa Associado de Pós Graduação em Enfermagem UPE/UEPB - PAPGEnf - UPE/UEPB.

 

Art. 27 - Os casos omissos neste Regulamento serão tratados pelo Conselho
Deliberativo da Revista, cabendo recurso à Congregação da PAPGEnf - UPE/UEPB.

 

Art. 28 - Este Regulamento entrará em vigor na data de aprovação pelo Colegiado do PAPGEnf - UPE/UEPB.

 

-----------------------
A 1.ª versão do Regimento da Revista foi aprovada em reunião do Colegiado do Programa de Pós Graduação Associado em Enfermagem da UPE/UEPB realizada em 18 de Abril de 2013. A 2.ª versão do Regimento da Revista foi aprovada na reunião ordinária do Colegiado do Programa de Pós Graduação Associado em Enfermagem da UPE/UEPB, realizada em 18 de agosto de 2013. A 3.ª versão do Regimento, agora denominado Regulamento da Revista de Enfermagem Digital Cuidado e Promoção da Saúde REDCPS (com contribuições do Colegiado do Curso de Graduação da Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças -  FENSG/UPE, Coordenação de Pós - Graduação e Coordenação de Extensão), foi aprovada na 4ª reunião ordinária do Colegiado do Programa de Pós Graduação Associado em Enfermagem da UPE/UEPB, realizada em 13 de março de 2014. Modificações no Regulamento da Revista de Enfermagem Digital Cuidado e Promoção da Saúde - REDCPS aprovadas na Reunião de seu Conselho Deliberativo em 15 de abril de 2014.

Copyright 2019 Revista Enfermagem Digital Cuidado e Promoção da Saúde

GN1