REDCPS - Revista Enfermagem Digital Cuidado e Promoção da Saúde

Número: 3.1 - 5 Artigos

Editorial

1 - Docente do ensino superior: um profissional da aprendizagem

Docente do ensino superior: um profissional da aprendizagem

Simone Maria Muniz da Silva Bezerra

Rev. Enf. Dig. Cuidados e promoção da Saúde; 3(1): 1-2, Jan/Jun, 2018

Artigo Original

2 - Conhecimento e prática de aleitamento materno nas creches do recife, Pernambuco

Knowledge and practice of breastfeeding in the nursery of the Recife, Pernambuco

Alef Diogo da Silva Santana; Sandra Trindade Low; Débora Priscila Ferreira Fraga; Deborah Fonseca Bruscky; Fernanda Caroline Souza da Paixão; Jeisa Barbosa Diniz

Rev. Enf. Dig. Cuidados e promoção da Saúde; 3(1): 3-8, Jan/Jun, 2018

OBJETIVO: investigar o conhecimento e a prática de mães e professoras de creches acerca do aleitamento materno
METODOS: estudo descritivo com abordagem quantitativa respeitando Resolução 466/12 do CNS, mediante aprovação com parecer 1.164.666 e CAAE 45773515.0.0000.5191, em 38 creches com 100 participantes
RESULTADOS: as creches prestam serviços a mães carentes, solteiras, com 2 a 5 filhos e vínculo empregatício. As crianças de mães entrevistadas possuíam até 24 meses, em sua maioria não amamentavam na creche. Apenas 26% das mães amamentaram seus filhos exclusivamente até 6 meses e 8% ainda amamentam. As funcionárias reconhecem a importância do aleitamento e relatam que as mães não falam do assunto.
CONCLUSÃO: poucas mães amamentam suas crianças, especialmente nos ambientes das creches. As mães e funcionárias sabem que o leite materno faz bem à saúde da criança e as creches em sua maioria não estão organizadas para a prática do aleitamento em suas instalações.

3 - Aspectos clínicos e epidemiológicos da dengue no Recife de 2003 a 2009

Clinical and epidemiological aspects of dengue in Recife from 2003 to 2009

Maria Beatriz Araújo Silva; Roxana Carneiro de Andrade Lima; Ayane de Fátima Queiroz Ferreira; Maria Sandra Andrade; Carla Carolina Alexandrino Vicente da Silva; Maria Isabelle Barbosa da Silva Brito

Rev. Enf. Dig. Cuidados e promoção da Saúde; 3(1): 9-14, Jan/Jun, 2018

OBJETIVO: Descrever o perfil clínico e epidemiológico da dengue no Recife entre 2003 e 2009.
MÉTODOS: Estudo descritivo e exploratório, de abordagem quantitativa, realizado na cidade do Recife-PE, com todos os casos de dengue notificados no período de 2003 a 2009. Coleta realizada através do banco de dados de dengue do Sistema de Informações de Agravos de Notificação da Diretoria de Vigilância à Saúde, sendo os dados analisados pelo software Microsoft Excel versão 2010.
RESULTADOS: O ano de 2004 apresentou o menor número de casos de dengue (134 casos) e em 2008 foi constatada uma epidemia de grande magnitude (3363 casos).
CONCLUSÃO: A implantação de estratégias contínuas de prevenção e controle também se faz imprescindível, com o objetivo de interromper a circulação do vírus da dengue e o risco de ocorrência de novas epidemias na cidade do Recife.

4 - Conhecimento, atitude e prática dos enfermeiros frente à parada e Reanimação Cardiopulmonar

Knowledge, attitude and practice nurse in relation to cardiac arrest and Cardiopulmonary Resuscitation

Josefa Martinelly dos Santos Silva; Stephanie Steremberg Pires D’Azevedo; Jabiael Carneiro da Silva Filho; Emanuela Batista Ferreira e Pereira; Vania Chagas da Costa Marilia Perrelli Valença

Rev. Enf. Dig. Cuidados e promoção da Saúde; 3(1): 15-20, Jan/Jun, 2018

OBJETIVO: avaliar o Conhecimento, Atitude e Prática dos enfermeiros que atuam em setores cirúrgicos frente à Parada e Reanimação Cardiopulmonar em um Hospital Escola de Pernambuco.
MÉTODOS: trata-se de um estudo transversal, descritivo, com caráter quantitativo do tipo inquérito hospitalar, onde foi aplicado um questionário padrão, semi-estruturado, elaborado para essa pesquisa.
RESULTADOS: a maioria dos enfermeiros era do sexo feminino. A idade média dos participantes foi
CONCLUSÃO: Recomendamos a capacitação de todos os profissionais de enfermagem, com atenção especial aos enfermeiros, em todas as áreas de atuação.

5 - Política brasileira de saúde mental: percepção de familiares de usuários do centro de atenção psicossocial

Brazilian mental health policy: perception of relatives from users of the psychosocial care center

Jhorrana Tunu da Silva; Aline Ferreira da Silva; Valquiria Farias Bezerra Barbosa; Dária Catarina Silva Santos; Iandra Rodrigues da Silva; Cênia Gabrielle Oliveira de Barros

Rev. Enf. Dig. Cuidados e promoção da Saúde; 3(1): 21-27, Jan/Jun, 2018

OBJETIVO: Analisar a percepção dos familiares cuidadores sobre as contribuições do modelo de atenção psicossocial para a inserção dos familiares no cuidado aos usuários de um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).
METODOS: Estudo qualitativo, desenvolvido no CAPS II, Pesqueira-PE, entre fevereiro e março de 2015, autorizado pela CONEP (CAAE: 33110114.5.0000.5203). Realizou-se entrevistas semiestruturadas com quatro familiares/cuidadores de usuários em acompanhamento regular no CAPS. O conteúdo das entrevistas foi analisado pelo método da análise textual discursiva.
RESULTADOS: Os cuidadores familiares sofrem os estigmas e estereótipos dirigidos a si e aos usuários do CAPS sob seus cuidados, inclusive por parte de outros familiares, o que dificulta sua reinserção social e produz sobrecarga do cuidador. Reconhecem a eficácia terapêutica do CAPS em comparação aos hospitais psiquiátricos, mas consideram a medicação como alicerce do cuidado.
CONCLUSÃO: O advento do CAPS proporcionou a co-responsabilização do familiar nos cuidados de seus entes com transtorno mental.

Copyright 2019 Revista Enfermagem Digital Cuidado e Promoção da Saúde

GN1